Boulevard Fashion Design

Os profissionais do mundo da moda poderão ter uma grande oportunidade! O Boulevard Shopping abriu no último dia 15 as inscrições para a segunda edição do Boulevard Fashion Design, que tem como objetivo revelar novos talentos em Belo Horizonte. Poderão participar do concurso os profissionais de moda, jovens estilistas, estudantes de Moda ou Belas Artes e interessados em geral que nunca tiveram uma coleção assinada.

Desfile 2013 - Foto: Mateus Baranowski

Desfile 2013 – Foto: Mateus Baranowski

Os interessados deverão se inscrever no SAC do Boulevard Shopping, no piso 2, até o dia 13 de julho e devem ser maiores de 18 anos. Serão inscritos seis croquis com ficha técnica. Os vencedores da primeira edição, realizada no ano passado, não poderão participar novamente.

Esse ano, o tema do concurso será “Brasil” e as coleções deverão ser inéditas, nunca apresentadas em outros concursos ou eventos. Ao final do concurso, um júri escolherá dez finalistas que produzirão três looks diferentes para apresentar ao público.

No dia 20 de setembro acontecerá um desfile no Boulevard Shopping para escolher os três vencedores. Organizado pela consultora de moda Zoka Vassalo Costa, os critérios de avaliação serão qualidade das ideias, desenvolvimento temático e produto final. O prêmio para primeiro lugar é de R$ 5.000; para o segundo, de R$ 3.500; e para o terceiro, de R$ 2.500.

#FicaADica ;)

Minas Trend Preview

Quem me segue nas redes sociais (Facebook | Twitter | Instagram) viu que está rolando em BH, no Expominas, mais uma edição do Minas Trend Preview, a nossa querida semana de moda mineira, de 07 a 10 de abril. Em sua 14ª edição, o evento traz como inspiração o tema “Sob os Olhos do Mundo”, fazendo uma referência à realização da Copa do Mundo no Brasil, que coloca o país em evidência nos mais diversos segmentos.

minas-trend-preview-primavera-verão-2015

minas-trend-preview-sob-os-olhos-do-mundo

De acordo com Sérgio Lourenço, superintendente da FIEMG, o Minas Trend “pretende mostrar que, além de sermos o país do futebol, somos também um país com enormes possibilidades e oportunidades nos setores industrial e cultural”. O número de expositores aumentou e essa edição conta com aproximadamente 250 empresas participantes, sendo 120 grifes de vestuário, 55 de calçados, bolsas e acessórios e 80 do segmento de joias e bijuterias.

minas-trend-preview-manequins minas-trend-preview-manequins-1

Bruno Cândido | Foto: Renata Maia

Bruno Cândido | Foto: Renata Maia

Pela terceira vez consecutiva, Bruno Cândido comanda a beleza dos 11 desfiles dessa temporada. Coordenando uma equipe de 35 profissionais, ele traz naturalidade e leveza para as passarelas, com brilhos nos olhos e cabelos molhados ou amassados.

E foi dada a largada! PRE-PARA, porque essa semana teremos nossa habitual overdose de posts sobre o evento, que dessa vez apresenta a coleção primavera-verão 2015! Aqui vocês vão conferir as novidades das minhas marcas queridas, algumas marcas novas que me encantaram, os desfiles que assisti e um pouquinho do backstage! Simbora!

Eventos em BH

E tem mais evento cultural invadindo Belo Horizonte, para todos os gostos e estilos…

Orquestra-Ouro-Preto-apresenta-Série-The-Beatles

No próximo domingo, dia 06 de abril, a Praça da Liberdade recebe a Série de Concertos The Beatles, à partir das 11h. Com regência do Maestro Rodrigo Toffolo, a Orquestra de Ouro Preto se apresentará na cidade com entrada gratuita! A série já percorreu diversas cidades do país e já foi atração na International Beatle Week – um evento tradicional na Inglaterra dedicado à banda.

monica-parade

Já a Savassi vai ficar mais colorida até o dia 24 de abril. BH recebe agora a Mônica Parade, que reúne 20 esculturas da personagem principal dos quadrinhos de Maurício de Souza, que comemorou 50 anos no ano passado! Todas as esculturas foram produzidas em fibra de vidro, medem 1,85 de altura e foram customizadas por artistas plásticos.

minas-trend-preview-inverno-2013-1024x681

Eeee, na próxima semana, do dia 07 a 10 de abril, o Expominas recebe mais uma edição do Minas Trend Preview. A abertura será no dia 06 somente para convidados, mas o salão de negócios estará aberto ao público nos demais dias. A novidade nesta edição fica por conta da estreia das marcas Mabel Magalhães e Anne Est Folle – vencedora do Concurso Ready To Go na última temporada do MW. Aguardem que teremos a tradicional cobertura com dicas de marcas interessantes aqui no blog :)

Gastronomia em BH

Cada dia que passa a cena gastronômica de BH cresce mais e mais. São novos restaurantes, bares, hamburguerias, lanchonetes, docerias, e por aí vai… E muitos festivais estão explorando desses estabelecimentos e criando eventos incríveis que dão a oportunidade do público conhecer pratos deliciosos e ambientes bacanas. E vem aí vários desses festivais, olha só.

circuito-gastronomico-da-pampulha-2014

O Circuito Gastronômico da Pampulha promove no dia 05 de abril o Festival Gastronômico da Pampulha, para comemorar os 70 Anos da lagoa que é o cartão postal da cidade. De 12h às 21h, na Praça da Igreja São Francisco, vocês poderão curtir shows, atrações culturais, oficinas e, claro, gastronomia! A entrada é franca, basta retirar o ingresso no site.

comida-di-buteco-2014

Já do dia 11 de abril a 11 de maio, o Comida di Buteco invade as ruas de 16 cidades do Brasil, incluindo Belo Horizonte, onde apresentará 400 petiscos com tema livre, contrariando as últimas edições onde sempre tinha um tema específico para criação dos pratos. A ideia é provar que é possível comer bem, sem complicação, e ainda estimular a criatividade de cada boteco. Quem aí vai participar do Manifesto Botequeiro? Mais informações no site.

restaurante-week

E para quem quer aproveitar a alta gastronomia, ainda dá tempo de visitar um dos restaurantes participantes do Restaurante Week, que reúne os melhores estabelecimentos da cidade, oferecendo almoço e/ou jantar, com entrada, prato principal e sobremesa, por um preço acessível. O evento vai até amanhã!

Cia do Boi no Shopping Cidade

Comida: 3 | Atendimento: 4 | Preço: 3 | Decoração: 5 | Localização: 4

Comida: 3 | Atendimento: 4 | Preço: 3 | Decoração: 5 | Localização: 4

O Shopping Cidade está recebendo alguns restaurantes novos em suas praças de alimentação e um deles foi uma unidade do tradicional Cia do Boi. Eu adoro as carnes de lá e fiquei feliz em ter uma nova opção de almoço nas redondezas, para quando precisar comer fora de casa. Mas depois vi que estava entrando em uma pegadinha.

Foto: Facebook Cia do Boi

Foto: Facebook Cia do Boi

A Cia do Boi no Shopping Cidade também serve buffet, além dos pratos à la carte. Um banner em frente ao restaurante anuncia esse serviço, informando que o preço do self service à vontade é de R$ 13,90, com a carne à parte. Até aí, tudo bem. Muito comum restaurantes fazerem self service sem balança e sem carne, se não fossem alguns poréns.

A começar, achei o buffet fraco, com poucas opções para comer sem carne – se assim você preferir. Outros restaurantes no mesmo local oferecem mais variedades e opções diferentes para combinar. Além disso, só é possível fazer o pedido da carne depois que você já se serviu, o que faz com que ela demore aproximadamente 10 minutos depois que você se sentou com o prato pronto. E o que para mim foi o mais absurdo, eles estipulam a quantidade mínima de 200g de carne que deve ser pedida por pessoa (ou mesa, não sei bem como funciona). Se você está com mais pessoas e puder dividir essa quantidade, ok, mas e a galera que almoça sozinha?

Foto: Facebook Cia do Boi

Foto: Facebook Cia do Boi

Moral da história: o almoço que eu achei que sairia mais em conta, pelo preço anunciado no banner do restaurante, ficou praticamente 3x mais caro. Paguei R$ 40 em um prato comum, sem variedades e, claro, a carne solicitada ainda sobrou! Muita gente deve estar achando um pouco de ingenuidade da minha parte, mas na verdade é mais um alerta para que quem vá visitar o local entenda bem a política doida na hora do almoço. A nível de comparação, os pratos em outros restaurantes da mesma praça ficam em torno de R$ 20.

Fora tudo isso, a nova unidade está linda, bem decorada e com ótimos garçons, que oferecem um atendimento de qualidade. Ressalvo que a crítica desse post é única e exclusiva para a unidade e o serviço de almoço do Shopping Cidade. Adoro as outras unidades da Cia do Boi e recomendo muito para quem busca carnes e porções deliciosas.

Update! Recebi um e-mail da Cia do Boi agradecendo o post e comentando sobre o ocorrido. Segundo eles, parece que houve uma falha de comunicação e que as pessoas que almoçam sozinhas podem sim pedir menos de 200g, o que faria com que o almoço ficasse em torno de R$ 22. No meu atendimento não tive essa opção de escolher 100g de carne, mas fica a dica para quem for almoçar lá :)

BH Carnavalizou!

Depois de cinco dias de folia… acabou! Belo Horizonte, que costumava ficar às moscas nos últimos anos, finalmente recebeu uma festa digna de atrair foliões de várias partes do estado e manter aqui os belo horizontinos que antes saiam correndo para o interior mais próximo.

398a9f5db7bf823137cd2d0dccc0dddc

Os bloquinhos de rua foram voltando tímidos no ano passado, com poucos adeptos ainda duvidosos sobre a qualidade das músicas e organização dos eventos. A repercussão foi tão boa que esse ano explodiram blocos por todos os cantos da cidade. De norte a sul, pela manhã ou no final da noite… para encontrar marchinhas de carnaval e pessoas fantasiadas era só colocar o pé fora de casa e ir para a folia mais próxima.

No Trevo 6 Pistas o Bloco do Sargento Pimenta, famoso no Rio de Janeiro, lotou a casa e fez a festa ir até quase de manhã, tocando desde Beatles até Bonde do Tigrão. Na Savassi, o Alcova Libertina bagunçou a praça principal com tanta gente que eu só via nas comemorações de títulos de futebol. Na quadra do Cidade Jardim a festa com axés e marchinhas das antigas foi épica! No Santa Tereza, famílias se misturavam em meio aos jovens com um único objetivo: pular carnaval.

Não tive a oportunidade de conferir de perto muito mais que isso. Mas as repercussões nas redes sociais já me aproximaram de blocos que eu não fui e me fizeram perceber que a festa em BH foi garantida para todos os cantos. Como produtora de eventos, fico feliz que a cidade esteja se reorganizando para receber novamente um carnaval tão leve e divertido como esse foi. Que nos próximos anos as estruturas melhorem ainda mais, fazendo um evento cada vez mais organizado, seguro e divertido para todos. Que os incentivos aumentem, que surjam patrocínios – se for necessário, mas que BH não perca mais o espaço para essa iniciativa, que surgiu com blocos independentes e fizeram a festa junto com o povo! Foi bom, valeu, ano que vem tem mais ;)

Restaurante: O Conde

Esse final de semana conheci mais um restaurante que já tinha ouvido falar muito bem e nunca tinha ido: O Conde. Já tinha passado várias vezes na porta do local, que tem uma decoração linda que sempre me chamou a atenção, mas nunca tive a oportunidade de conhecer. Quem acompanha minhas resenhas de restaurante sabe o quanto eu prezo por um ambiente agradável e isso O Conde tem de sobra!

Restaurante O Conde

Restaurante O Conde

O restaurante tem um ambiente interno que é bem clássico e formal, porém muito bem decorado, e uma varanda externa com muitas mesas, algumas em madeira, muito verde e uma decoração com lenços que lembra um pouquinho o período colonial. Sem dúvidas a varanda é o ambiente mais agradável do local.

O Conde: ambiente interno

O Conde: ambiente interno

O Conde: ambiente externo

O Conde: ambiente externo

Meu pedido – para variar – foi risoto de camarão, que estava delicioso. Não tenho nada para reclamar do prato, o risoto veio no ponto e é uma porção bem servida e bem temperada. Mas devo alertar que, apesar de todos os 8 pratos da mesa chegarem ao mesmo tempo, alguns estavam frios, o que fez com que alguns amigos não gostassem tanto quanto eu. Não comi sobremesa, mas um amigo pediu um crumble de manga que fez sucesso!

restaurante-o-conde-risoto-de-camarao

Risoto de camarão

Apesar dos pratos demorarem um tempo razoável para ficarem prontos, o restaurante tem um atendimento muito bom com garçons atenciosos. No dia que fui estava vazio, então não posso garantir essa mesma qualidade de atendimento com a casa cheia, mas acredito que essa é uma preocupação deles independente da quantidade de clientes no local. O preço é salgado, com a maioria dos pratos variando de R$ 60 a R$ 90, mas acho que vale a pena para quem quer apreciar uma comida de boa qualidade. Minha avaliação é totalmente positiva, com essas ressalvas que eu pontuei.

Avaliação Restaurante

Alguém mais já foi e recomenda outros pratos?

Endereço: Rua Conde de Linhares, 345, Cidade Jardim. Belo Horizonte – MG.