Ramada Encore: hotel, design e arte em um só lugar

Pensa um hotel cheio de pinturas espelhadas por todas as paredes, desde os corredores até os quartos? Curtiu a ideia? Então adiciona um toque musical como inspiração para melhorar ainda mais. Pronto, você conseguiu chegar no conceito que o Ramada Encore, no Luxembrugo, vai trazer para BH.

hotel-ramada-encore hotel-ramada-encore-1

Seus noventa quartos e todos os outros espaços do hotel estão recebendo uma pintura especial, que é resultado de uma parceria entre a Greco Design com a turma da Galeria QuartoAmado. Segundo eles, cada andar receberá um gênero musical e a proposta é fazer um mix super bacana entre arte e design.

Alguém duvida que vai virar um queridinho da cidade?

Fonte: Site ND

Em cartaz: Marilyn Monroe.doc

No ano passado eu divulguei aqui no blog a primeira temporada da peça Marilyn Monroe.doc, que tem como tema a transformação de uma pessoa comum em um mito. E agora em 2015 o espetáculo volta para BH, na 41ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança.

14608980009_db3ec06d8f_z

Sob a forma de teatro-documentário, o Grupo Dois Palitos apresenta a biografia de Norma Jeane Mortenson, jovem caipira, gaga e desengonçada, que sonhava em ser atriz e que se transformou em um dos maiores mitos da cultura pop mundial e principal sex symbol feminino: Marilyn Monroe.

Em um trabalho de pesquisa, cruzado com fotos, vídeos e outros documentos, o grupo investigou principalmente a mulher por trás da pesonagem, evidenciando a trajetória de Norma Jeane e mostrando acontecimentos que não foram divulgados pela mídia. Em cena, é discutido os padrões estéticos impostos pela cultura de massa por meio do trabalho da atriz Thaís Coimbra, que apesar de traços semelhantes aos da atriz norte-americana, diverge de Marilyn nas medidas corporais. A peça aborda também os procedimentos da indústria do entretenimento para fabricação de celebridades, mostrando os conflitos entre a pessoa real e a personagem criada.

15273146975_7410983489_z

As apresentações estão previstas para os dias 12, 19, 20, 26 e 27 de fevereiro, sempre às 20h, no Teatro de Bolso Julio Mackenzie, no SESC Palladium. A montagem é uma realização do Grupo Dois Palitos, com produção da Vinco Projetos Gráficos e Produções Culturais. No elenco, Thaís Coimbra e Ítalo Mendes, e dramaturgia e encenação de Juarez Guimarães Dias. Os ingressos podem ser adquiridos através do site.

Carnaval em BH: a folia já está começando!

Nos últimos anos o Carnaval de BH vem se consolidando e melhorando a cada ano. Em 2014 fiquei na cidade e me diverti horrores, com direito a fantasias e muitos bloquinhos de rua. E quem já está no clima da folia, pode acompanhar os ensaios de alguns bloquinhos antes das apresentações oficiais do feriado!

carnavaliza-bh

Olha só a programação completa:

Tchanzinho Zona Norte
24 e 31 de janeiro – 14h – Praça Manoel dos Reis Filho, Jaraguá

Baianas Ozadas
24 e 31 de janeiro e 07 de fevereiro – 10h30 – Largo da Saideira (Av. Cristiano Machado, 3450, União)

Juventude Bronzeada
25 de janeiro e 01 e 08 de fevereiro – 16h – Praça Floriano Peixoto, Santa Efigênia

Então, Brilha!
22 e 29 de janeiro e 05 de fevereiro – 18h30 – Praça da Estação, no Centro

Me beija que eu sou pagodeiro
27 de janeiro e 03 de fevereiro – 19h – Praça Leonardo Gutierrez, no Gutierrez

Escola de Samba Acadêmicos de Venda Nova
Todos sábados, das 17h às 19h – Rua Padre Pedro Pinto, 1500, em Venda Nova

Mais pra frente posto aqui a programação oficial do Carnaval de Beagá! ;)

Fonte: O Tempo | Foto: Portal Uai

Royalty Club: balada da realeza em BH

Update! Por problemas técnicos na obra do local, a boate não foi inaugurada no dia 16 de janeiro, como foi anunciado, e não tem data prevista para a abertura. Em meio a tudo isso, muitos comentários sobre a qualidade da Royalty Club surgiram e concordo que o fato de dois eventos serem cancelados na mesma semana dá a sensação de má organização. Mas eu trabalho com eventos e sei que existem casos em que é melhor adiar do que receber os convidados sem a devida estrutura. Vamos aguardar e ver cenas dos próximos capítulos!

Updatde! ¹ A casa noturna acabou sendo inaugurada no dia 23 de janeiro, no sistema soft opening – uma forma de testar o funcionamento, iluminação, fornecedores e serviços. Convidados e amigos estiveram presentes para certificar os últimos ajustes. Agora, oficialmente para todo o público, a casa anuncia sua inauguração oficial no dia 6 de fevereiro, à partir das 23h30! Quem vai?!


Galera de BH ganhou uma nova casa noturna que promete pegar fogo: a Royalty Club. Localizada na Savassi, onde era a conhecida Velvet, a casa traz um conceito que alia diversão, sofisticação e originalidade.

royalty-club

As sócias Lorena Lee e Priscilla Pinheiro já são conhecidas por diversas festas que organizavam na cidade. Daí, sentiram necessidade de ter um espaço para isso, que conta com música boa, drinks únicos e um atendimento de primeira.

A Royalty Club foi inspirada em castelos britânicos, em um mix de pub com elementos da realeza. Foi feito uma mistura de elementos clássicos com uma releitura contemporânea, tanto nas cores quanto nos materiais. A pista de dança foi inspirada no Palácio de Versalhes, cheia de espelhos. Quem frequentar o local vai poder curtir deep house, hip hop, indie, indie house, house, rap e música brasileira. E as sócias garantem: o atendimento é o grande diferencial da casa!

Fui convidada para conhecer o local e espero poder contar tudo com mais detalhes para vocês, depois de alguma visita. Enquanto isso, quem visitar a casa pode deixar aqui nos comentários suas primeiras impressões. Mas já vou avisando, a expectativa está alta… porque pelo que promete, quem vai lá com certeza vai se sentir um rei ou uma rainha na noite de BH ;)

Agenda Cultural

A galera aqui de BH sempre reclama que não tem o que fazer e que só existem os mesmos lugares para ir, mesmo tendo vários centros culturais e sendo reconhecida como a capital do mundo dos bares, né?! Então para ajudar os desavisados a encontrar um programa bacana, olha só o que vai à partir desse mês:

verao-arte-contemporanea

Do dia 09 de janeiro a 12 de fevereiro acontece mais uma edição do VAC – Verão Arte Contemporânea, um festival que conta com atrações de artes, cinema, teatro, dança, literatura, moda, arquitetura e gastronomia espalhadas pela cidade. Além de atender aos mais diversos interesses, o evento abre espaço para a experimentação, diversidade expressiva e novos formatos da criação artística.

Como o site deles está caindo na edição do ano passado, vale acessar o Facebook também!

Sem título-1

Para os mineiros e paulistas que adoram uma cachaça, rola à partir de janeiro mais uma edição do Festival Cultural Gastronômico Cachaça Gourmet. Cada estabelecimento preparou um prato especial com a bebida como ingrediente obrigatório. No final do evento, rola a premiação dos melhores em três categorias: Melhor Apresentação, Melhor Sabor e Harmonização e Maior Criatividade e Originalidade.

Em BH, o festival acontece do dia 10 de janeiro a 07 de fevereiro e conta com a participação de 20 restaurantes e 20 marcas de cachaças. Mais informações, acesse o site. Já em São Paulo o festival acontece do dia 07 de abril a 28 de maio, reunindo 50 restaurantes e 50 marcas de cachaça diferentes, nas cidades de Campos do Jordão, Cunha, Guaratinguetá, São José dos Campos, Taubaté e Tremembé. Mais informações, acesse o site.

41ª Campanha de Popularização do Teatro e Dança em BH_logo1

E desde ontem, dia 06 de janeiro, até o dia 08 de março, rola em BH a 41ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança. Apesar de contar com várias peças repetidas durante vários anos – como um amigo meu fala, sempre vemos “mais do mesmo” – o evento é uma oportunidade de se aproximar desse universo que muita gente deixa esquecido. Para conferir a programação completa de espetáculos adultos, infantis e de dança, acesse o site.

Fonte: Belo Horizonte

Outlet Lingerie em BH

Na última quinta-feira participei do coquetel de inauguração da primeira loja da Outlet Lingerie em BH! A loja já tem franquias em todo o Brasil e Belo Horizonte era a única capital sem uma unidade para contar história. Foi aí que Natália Neves fez o sonho de muitas se tornar realidade: um espaço com lingeries de diferentes marcas e modelos com preços acessíveis, sem defeitos. Xuxa diria, “Aham, Cláudia, senta lá”, mas é verdade, gente!

OUTLET-LINGERIE

Além das coleções antigas de algumas marcas serem destinadas para o outlet, elas criam coleções especiais que compõe toda a gama de opções da loja. Não tem pequenos defeitos mesmo! As marcas participantes são: Valisere, Uni, Hope, Darling, Loungerie, Scala, Forum, Calvin Klein, Nu Luxe, Gracious, Under Co, Dressy, Just For Man, Up Man e Zorba.

outlet-lingerie-bh-savassi

A boutique é pequena mas bem organizada. As peças estão distribuídas em três araras que contornam a loja, divididas entre lingeries básicas e mais elaboradas, para a noite ou ocasiões especiais, e separadas por tamanho. Além disso, tem uma parte específica para camisolas, corpetes e pijamas. Todas as peças estão com desconto de até 70% em relação aos preços originais.

outlet-lingerie-bh-savassi-loja outlet-lingerie-bh-savassi-loja1

Um serviço especial que o Outlet Lingerie vai oferecer é um espaço exclusivo dedicado às noivas, para que elas realizem o Chá de Lingerie. Assim, conseguem renovar as peças íntimas, celebrar a nova etapa com as amigas e realizar uma ótima festa. Esse serviço é uma cortesia para as clientes da loja, que além de colocar as peças à disposição da noiva para a lista de presentes, oferece uma consultoria especializada. E o melhor? A noiva ainda ganha 10% do valor comprado pelas convidadas em produtos. Massa, né?!

De tudo isso, só fica uma recomendação: corre pra lá ;)

Endereço: Rua Antônio de Albuquerque, 484, Praça da Savassi.

Quer se tornar uma profissional em maquiagem?

Então você tem que conhecer a Escola de Maquiagem Messi Jr. Eu recebi um convite para um evento de “Uma noite de verão” mas, em função de um imprevisto no dia, não consegui comparecer. Mesmo assim, busquei todas as informações para compartilhar um pouquinho desse espaço com vocês!

messi-junior

A Escola de Maquiagem Messi Jr fica no Noratti e Messi Hair and Makeup, um espaço de beleza localizado no bairro Cidade Nova que une salão visagista e academia de maquiagem em um só local. A proposta é oferecer, além dos serviços de beleza, cursos, workshops e outros eventos para apresentar tendências e inovações do mercado. Os cursos tem turmas de no máximo oito alunos, visando que o conteúdo seja trabalho de uma forma individualizada, com atendimento diferenciado. Entre a opções oferecidas, estão:

  • Automaquiagem
  • Maquiagem profissionalizante
  • Maquiagem artística
  • Maquiagem para a passarela
  • Maquiagem e penteado para noivas
  • Maquiagem e penteado social
  • Maquiagem masculina
  • Maquiagem HD
  • Air Brush

messi-jr

Segundo o site da empresa, o local é equipado com uma estrutura super moderna e conta com um showroom de produtos que são utilizados em sala. Vale a pena conhecer ;)

Lançamento: Felipe Gobbi para Black Boots

Não faz muito tempo que fiz um post aqui no blog contando sobre o trabalho do Felipe Gobbi, um artista plástico que cria quadros sob encomenda, contando um pouquinho dos gostos e preferências de cada cliente. (Para ver a entrevista completa, clique aqui!)

Pois agora a arte dele invade o mundo da moda! Em parceria com a Black Boots, Felipe lança sua primeira coleção de camisas com estampas exclusivas, criadas especialmente para a marca.

wpid-wp-1417464716608.jpeg

O lançamento acontece na próxima quinta, dia 4, às 18h, na loja da Savassi! Que vamos? :D

Endereço Black Boots: Rua Fernandes Tourinho, 182, Savassi.

Demorou, mas vai chegar: Forever 21 em BH

As belorizontinas tem muuuuito o que comemorar!!! Em junho de 2015, o Pátio Savassi traz para a cidade a queridinha Forever 21, marca gringa conhecida pelas roupas moderninhas com preços acessíveis. A assessoria do shopping ainda não deu muitos detalhes, só sabemos que será na expansão que o Pátio está fazendo, mas como notícia boa deve ser compartilhada, preparem seus cartões ;P

forever21

Fonte: Site Natália Dornellas | Foto: Reprodução.

A Bienal do Livro está valendo a pena?

Esse título é a pergunta que tenho ouvido constantemente desde sábado. Eu participo da Bienal do Livro de Minas de duas formas: acompanhando as ações organizadas pela empresa que eu trabalho e como consumidora e amante de livros. Sendo assim, recebi uma enxurrada de perguntas desse tipo de todos os lados e resolvi compartilhar minha opinião aqui com todos vocês. Vou me isentar da organização geral do evento (que não me compete) e tentar externar minha visão exclusivamente como consumidora, ok?

bienal-do-livro

Vi algumas pessoas comentando que não gostaram do evento, que não encontraram os livros que queriam ou não acharam os preços bons. Bom, a começar, acho que todos que forem visitar a Bienal devem ter em mente que é uma feira de livros. O objetivo principal de uma feira é reunir diferentes lojistas/distribuidoras para promover/vender seus produtos. A literatura aqui é o motivo, mas não o objetivo final. E o estímulo para mergulhar mais a fundo na literatura se encontra em atividades diversas que estão espalhadas no espaço: tem atividades infantis, bate papo com autores renomados, debates com autores jovens e um espaço dedicado especialmente aos quadrinhos. Fora isso, quem vai ao Expominas deve estar focado em adquirir algumas obras e não vivenciar a experiência de achar aquele livro histórico ou viver Machado de Assis. Para isso, procure livrarias pela cidade que sua experiência será, sem dúvidas, muito mais prazerosa!

Realmente alguns estandes (os maiores e mais famosos) ficam muito cheios e desorganizados em função do altíssimo fluxo de pessoas – que nunca devolvem o livro para o seu devido lugar. Em certos casos é praticamente impossível andar pelas estantes analisando as possibilidades e se gasta muito tempo nas filas para pagar, já que existem pouquíssimos caixas. Isso realmente faz perder um pouco da paciência, cria um desgaste desnecessário e poderia ser melhor organizado. Minha dica é já ir com alguns títulos de obras em mente, pedir ajuda para um dos vendedores e respirar fundo para esperar uns vinte minutos na fila para pagar.

Minas novas aquisições :)

Minas novas aquisições :)

Já em relação aos preços, eu, particularmente, não tenho do que reclamar. Apesar de constatar que SIM, alguns estandes praticam os mesmos preços das lojas comuns, eu encontrei MUITAS promoções em todos os cantos da feira. Existem estandes específicos de preços baixos (até R$ 20,00) e mesmo os grandes promovem descontos de até 50% em algumas obras. Para terem um parâmetro, comprei seis livros por menos de R$ 150,00, sendo o mais caro deles R$ 49,90. Dois deles foram R$ 2,50 cada… pode mais barato que isso?

Além disso, lá eu vi pais e mães curtindo uma tarde com seus filhos. Vi amigos se reunindo para conferir um bate papo e adquirirem alguns autógrafos. Vi uma pausa para a pipoca, o churros ou a raspadinha de gelo entre um livro e outro. Vi tantas histórias em quadrinhos que a turma de The Big Bang Theory ia chorar de emoção. Vi adolescentes reunidos gritando e aplaudindo uma autora, como se fosse a Ivete Sangalo passando em um trio elétrico. Vi livros e mais livros, de todos os estilos e segmentos, espalhados por um grande galpão.

Então se me perguntam se a Bienal do Livro está valendo a pena, eu respondo que SIM, está valendo a pena. Porque ainda que a organização deixe a desejar em alguns pontos, ela cumpre seu papel de reunir em um único lugar centenas de possibilidades a preços justos Ela dá abertura a novos autores, a novas obras e a novos temas, sem abandonar a tradição dos grandes nomes desse segmento. Inclusive Rubem Alves foi o grande homenageado do evento, com direito a um estande todinho dele voltado para crianças… Mas hei de concordar que aqueles que preferem o silêncio e a tranquilidade para abrir um livro, sentir o cheio e pedir opinião sobre a obra, descobrindo novos nomes e novas histórias, vai se sentir mais à vontade fora dali.