Agenda Cultural

A galera aqui de BH sempre reclama que não tem o que fazer e que só existem os mesmos lugares para ir, mesmo tendo vários centros culturais e sendo reconhecida como a capital do mundo dos bares, né?! Então para ajudar os desavisados a encontrar um programa bacana, olha só o que vai à partir desse mês:

verao-arte-contemporanea

Do dia 09 de janeiro a 12 de fevereiro acontece mais uma edição do VAC – Verão Arte Contemporânea, um festival que conta com atrações de artes, cinema, teatro, dança, literatura, moda, arquitetura e gastronomia espalhadas pela cidade. Além de atender aos mais diversos interesses, o evento abre espaço para a experimentação, diversidade expressiva e novos formatos da criação artística.

Como o site deles está caindo na edição do ano passado, vale acessar o Facebook também!

Sem título-1

Para os mineiros e paulistas que adoram uma cachaça, rola à partir de janeiro mais uma edição do Festival Cultural Gastronômico Cachaça Gourmet. Cada estabelecimento preparou um prato especial com a bebida como ingrediente obrigatório. No final do evento, rola a premiação dos melhores em três categorias: Melhor Apresentação, Melhor Sabor e Harmonização e Maior Criatividade e Originalidade.

Em BH, o festival acontece do dia 10 de janeiro a 07 de fevereiro e conta com a participação de 20 restaurantes e 20 marcas de cachaças. Mais informações, acesse o site. Já em São Paulo o festival acontece do dia 07 de abril a 28 de maio, reunindo 50 restaurantes e 50 marcas de cachaça diferentes, nas cidades de Campos do Jordão, Cunha, Guaratinguetá, São José dos Campos, Taubaté e Tremembé. Mais informações, acesse o site.

41ª Campanha de Popularização do Teatro e Dança em BH_logo1

E desde ontem, dia 06 de janeiro, até o dia 08 de março, rola em BH a 41ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança. Apesar de contar com várias peças repetidas durante vários anos – como um amigo meu fala, sempre vemos “mais do mesmo” – o evento é uma oportunidade de se aproximar desse universo que muita gente deixa esquecido. Para conferir a programação completa de espetáculos adultos, infantis e de dança, acesse o site.

Fonte: Belo Horizonte

SP: Picanharia Gaúcha

Comida: 4 | Atendimento: 5 | Preço: 4 | Decoração: 3 | Localização: 4

Comida: 4 | Atendimento: 5 | Preço: 4 | Decoração: 3 | Localização: 4

No domingo passado, pós Metallica by Request, em São Paulo, fomos almoçar em um restaurante que me surpreendeu positivamente: a Picanharia Gaúcha, no Brooklin. Um pouco por falta de opções devido ao horário do nosso voo de volta, acabamos por cair no restaurante de esquina que tem como carro chefe, claro, a picanha.

Picanharia Gaúcha

Picanharia Gaúcha

Apesar do local oferecer porções tentadoras e diferentes tipos de carnes, optamos pelos pratos individuais e, como não poderia deixar de ser, quase a mesa inteira pediu a famosa picanha argentina / uruguaia, que acompanha arroz branco, batata chips ou frita e vinagrete. Não sei se a fome pós show era grande demais ou se a carne estava mesmo de babar. Só sei que se quer comer carne gostosa, com acompanhamentos básicos e preços justos, a Picanharia do Gaúcho é uma excelente opção. Se não me engano, o prato individual de picanha – que é um dos mais caros – era R$ 30.

Porção de picanha

Porção de picanha

Para quem não come carne vermelha, o restaurante oferece também opções de filés de frango e peixes, além de massas variadas. O atendimento é ótimo, garçons bem simpáticos e atenciosos. E a localização também, foi super fácil de estacionar. É simples, mas vale a pena para os amantes de carne da região. #ficaadica

SP: Cervejaria Patriarca

Comida: 5 | Atendimento: 3,5 | Preço: 3,5 | Decoração: 3 | Localização: 4

Comida: 5 | Atendimento: 3,5 | Preço: 3,5 | Decoração: 3 | Localização: 4

Passei o último final de semana em São Paulo para ver o incrível show do Metallica (uhu!). E tirando os momentos de preparativos para o espetáculo – que foi sensacional mesmo debaixo de chuva – tive a oportunidade de conhecer dois lugares bem bacanas, além dos que eu e Tamy já contamos aqui e aqui. O primeiro deles foi a Cervejaria Patriarca, que fica na Vila Madalena.

Cervejaria Patriarca - Vila Madalena

Cervejaria Patriarca – Vila Madalena

Fomos em um sábado a tarde, logo depois que a feirinha local estava acabando. Por esse motivo, o entorno estava bem sujo, mas nada que prejudicasse o bar. O que incomodou mesmo foi o pagodão altíssimo do bar vizinho, mas relevaremos por agora. O que importa é avaliação geral do lugar, não do que estava ao seu redor.

Costela ao bafo

Costela ao bafo

Bom, fomos lá para experimentar a famosa costela costela no bafo, que segundo o site é assada por 24h e acompanha cebola glaceada com mel e shoyu, salada de rúcula e pão. A princípio, achei o preço muito alto pelo tamanho da costela. Mas a opinião mudou quando o sabor invadiu a boca e percebi que vinha muito mais carne do que parecia. Deliciosa, com um tempero único. A cebola vem quase cremosa de tão bem feita. E me disseram que o molho da salada de rúcula era divino, mas essa é uma das poucas folhas que eu não como, então não experimentei. Vale dizer que os pasteizinhos fritos de entrada são uma excelente pedida, especialmente o de costela com catupiry (ou requeijão, agora não lembro!). Todos acompanham vinagrete para incrementar o recheio.

Em relação ao atendimento, mesmo com o bar vazio, percebi que os garçons estavam dispersos e meio afobados para atender todos os pedidos sem erros. Pode ser impressão, mas não passou despercebido quando tive que pedir um mesmo refrigerante por três vezes. A cervejaria fica em uma rua cheia de bares, que pode ser comparada com a Pium-í, em BH. Além da grande movimentação nos finais de semana, com a feirinha rolando, achar uma vaga é uma missão quase impossível, mas existem muitos estacionamentos próximos. Mas pela costela deliciosa, vale o esforço!

Ps.: Lembrando que não sou de SP e não sei se o preço cobrado lá está justo para os bares locais. Meu comparativo é pelo que tenho noção em BH e, sim, achei um pouco salgado…

Um cantinho lá na Vila Madalena

Outro lugar que conhecemos em São Paulo foi o Canto Madalena, e posso falar? Eu fiquei in love com esse bar!!!

O ambiente é muito agradável, super bem decorado em cada detalhe, o atendimento também é muito bom e os petiscos… hmmmm, uma delícia!!!

De novo vocês vão perdoar a blogueira que só come e esquece de tirar as fotos dos pratos hahaha mas dessa vez to melhor, tirei fotos do lugar e lembro os nomes dos pratos! Ahá ;)

Lá nós pedimos porções de Linguiça de Formiga, que é um prato com uma linguiça deliciosa, mandioca, pãozinho francês, cebola e mais outros petiscos muito bons. Bem mineiro né? Pra não perder as raízes!!! Pedimos também porções de pastéis – que impressionaram de tão bons que eram! – e de bolinhos de arroz recheados com carne seca e queijo (Se a memória não falha é isso mesmo. Companheiros de viagem, me corrijam nos comentários se eu estiver errada!).

Mas o que mais fez meu coração bater não foi a comida, mas a decoração!!! Tudo super vintage, com geladeiras e aparelhos antigos, toalhas de mesas florais, muito artesanato e tudo muito colorido! Parece um bar da Farm hahaha Achei muito aconchegante, dá gosto de sentar e ficar por lá!

Quem me acompanha no twitter (@_gabi_teixeira) ou curtiu a nossa página no Facebook viu essa foto das geladeiras que uma amiga – beijo Ju! – montou:

Fofo né?! E a área onde ficamos (do lado da geladeira vermelha) ainda tem um teto móvel, que foi aberto enquanto a gente tava lá, o que só deixou tudo ainda mais agradável.

Enfim, depois de muita babação de ovo desse lugar, quem passar em São Paulo e quiser conhecer, o Canto Madalena fica na Rua Medeiros de Albuquerque, 471, na Vila Madalena :)

Sobremesa delícia em SP

Oi gente!!

Outro lugar que fomos em Sampa foi a Opakee Belgian Waffles. Vocês conhecem? Já ouviram falar? Fomos lá comer waffle a noite depois de comer o dia inteiro. rsrsrs #gordafeelings

Tirei foto do que foi pedido pela galera com o celular, então não reparem na qualidade das imagens. O que vale é a intenção, não é?!?!

Morango, cobertura de chocolate belga e sorvete de creme.

O esquema é o seguinte: você escolhe o tamanho do seu waffle, inteiro ou metade e os recheios disponíveis da casa. Tem vários recheios: cobertura de chocolate belga, mel, caramelo, sorvete, banana, morango, etc, etc. Todo mundo foi de waffle inteiro.

Banana, chocolate belga e sorvete de creme .

Mel

Esse sem graça, só com mel, fui eu que pedi, pois como estava de quaresma de chocolate, tive que me virar nos 30. Ai comi a metade com mel e depois pedi doce de leite para comer a outra metade. O doce de leite foi mil vezes melhor que o mel. #ficadica

Morango, chantily, chocalte belga e sorvete de creme.

Todo mundo amou o que pediu. Não sobrou nada de ninguém! E eu já estou aqui com água na boca. rsrs. Nós fomos na Opakee da rua Rua Wisard, 396 – Vila Madalena.  Beijos T.

Hamburgueria em São Paulo

A nossa viagem pra São Paulo foi ótima pra eu e Tata voltarmos cheias de dicas gastronômicas pra quem mora ou vai viajar pra lá. E a dica da vez é de uma hamburgueria que é uma delícia!

Logo depois do show do Roger Waters (♥), acabamos parando no Chicohamburguer, uma hamburgueria que, pelo que pesquisei no site, é a mais antiga de São Paulo. Se a informação não for verídica é, no mínimo, uma das mais.

Perdoem a blogueira que vos fala porque as fotos são do Google, já que esqueci de tirar fotos na hora. Mas o que vale é a intenção e a indicação!

A hamburgueria fica na Av. Ibirapuera, possui estacionamento (nós até ganhamos cortesia e nem precisamos pagar!) e muitas opções de lanches. Não vou falar que são os melhoooores que já comi, mas achei um ótimo custo benefício, porque os pratos vem muuuito bem servidos por um preço justo para o tipo de lanchonete!

Entre os nossos pedidos estavam diversos tipos de hamburgues, batata frita, milk shake e refrigerante. O básicão do fast food deu conta do recado e saímos todos muuuito satisfeitos.

Fora o ambiente que é bem agradável, relevem o casal deselegante se beijando na foto do Google. Pela visita super rápida em SP, curti bem o lugar e por isso indico pra vocês.

E pra quem mora em Sampa, eles tem delivery!! Clica aqui para mais informações.

Endereço: Av. Ibirapuera, 1753 – São Paulo – SP

Let’s Rock!

Foi inaugurada ontem, em São Paulo, a exposição Let’s Rock, que se propõe a fazer um mergulho na história do Rock e proporcionar uma viagem aos visitantes, relembrando bandas, artistas e movimentos que marcaram o mundo da música nos  últimos 60 anos.

A exposição, que é uma das maiores vistas na América Latina, é composta por materiais como roupas, fotos, instrumentos e várias outras coisas dos principais nomes do rock mundial.

Led Zeppelin

A exposição estará na Oca (Parque Ibirapuera, portão 3), do dia 04 de abril ao dia 27 de maio. Lá no site oficial está rolando promoções para ganhar ingressos e um concurso cultural!

Platéia em show do Kiss – 2009

Fiquei morreeeendo de vontade de voltar em São Paulo pra dar uma espiadinha por lá!